sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Pesquisa eleitoral de São Paulo revela os nomes mais fortes até o momento

Nas últimas pesquisas de intenções de voto feito pelo Paraná Pesquisas foram lançadas fortes previsões para os resultados das urnas nas eleições municipais de 2020 que irão assumir como vereadores ou prefeitos. No caso de São Paulo, o pré-candidato Celso Russomano (20,5%) e o atual prefeito Bruno Covas (20,1%) são os nomes na liderança.

No decorrer do ranking também aparecem a porcentagem de outros pré-candidatos a prefeitura de são paulo, respectivamente:

  • Marta (9,8%)
  • Paulo Skaf (8%)
  • Márcio França (7,6%)
  • Guilherme Boulos (6,2%)
  • Kilmar Tatto (2,3%)
  • Andrea Matarazzo (2,1%)
  • Arthur do Val (1,9%)
  • Joice Hasselman (1%)
  • Orlando Silva (0,8%)
  • Filipe Sabará (0,5%)
  • Marcos da Costa (0,3%)

Em todos os casos em que foram feitas as entrevistas o nome que mais apareceu foi o de Bruno Covas, que aparece liderado por qualquer nome, mesmo quem não tenha se lançado pré-candidato. O ex candidato a presidente da república Fernando Hadad ficou com 1,9% nas citações, um pouco acima de Celso Russomano.



A atual gestão: índices de satisfação dos cidadãos

Na pesquisa também foi levantado dados dos municípios a respeito da atual gestão do Bruno Covas. Entre os entrevistados a maioria (52,5%) disseram que aprovara a gestão, outros 44,2% disseram que desaprovaram.

De quem respondeu, 32,% disse que considera a gestão ótima ou muito boa. A maioria, entretanto, achou regular (36%) e outros 30,2% classificaram o governo até aqui péssimo.

Referente ao Governo Estadual, sob administração do Governador João Dória, 55% desaprovaram e 3,4% não soube opinar ou responder. Outros 23,8% o enquadraram como ótimo ou bom. 


Os 3 nomes mais fortes para candidato a prefeito de São Paulo 2020

As eleições de 2020 estão ficando cada vez mais perto. As cidades que vão receber novos candidatos a prefeito e vereadores já se preparam para saber quais são as preferências do público nas urnas. A decisão dos nomes nos partidos deverá influenciar também a decisão de quem vai ser candidatos a vereadores em São Paulo 2020. De acordo com as últimas pesquisas eleitorais os nomes mais fortes de São Paulo são:

Felipe



Felipe está parado Partido Novo. Ele é considerado um braço direito do João Dória teve esse papel foi considerado assim quando ele era prefeito e agora como o governador ele é presidente do fundo social de São Paulo, que é o órgão oficial de filantropia do estado.

Antes ele era secretário  municipal de assistência social o Dória levou ele junto para o Governo Estadual.

Andrea Matarazzo




Temos como candidata também Andrea Matarazzo, um nome histórico do PSDB de são paulo migrou para o PSD um pouco tempo atrás né numa briga com João Dória nas eleições municipais 2016 e foi candidato a vice da Marta Suplicy. Na eleição acabou sofrendo uma derrota acachapante, acompanhado de uma legenda poderosa que dava muito estrutura para ela. Ainda assim acabou não engrenando a candidatura, em 2016.

Guilherme Boulos




Guilherme Boulos que foi candidato a presidente da república né e é o presidente do movimento MTST movimento dos trabalhadores sem-teto então o bolo céu mais provável candidato do PSOL. Ele vem tem do protagonismo muito grande dentro do partido já há algum tempo o nome dele começou a crescer muito dentro do da legenda é principalmente no final de 2018 a 2017.

O começo de 18 antes da escolha de quem será candidato à presidência e pegando como parâmetro é o tamanho do PSOL e os resultados históricos que ele tem.  Bolos teve um desempenho razoável na eleição presidencial do ano passado em primeiro turno.

Acompanhe também quem são os candidatos a vereadores do ano.