quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Aplicativos de namoro valem ou não a pena?

Entre 2005 e 2012, mais de 34% dos casados ​​se conheceram online, superando o trabalho e a apresentação de amigos (que representam 26% dos casais). Em 2005, os usuários do OKCupid enviaram 150 mil mensagens por semana. Esse número número nos dias atuais ultrapassa os cinquenta e um milhões. Para a geração Millennium, o namoro on-line é a norma da vez.

Não é de se surpreender mais com encontros online. Hoje em dia é quase espantoso conhecer um casal que se conheceu pessoalmente, através de amigos ou no trabalho. Conhecer e namorar alguém do bar? É uma tarefa quase impossível, e quando acontece é com ajuda da internet.

É claro que você só deve fazer aquilo com o que se sente confortável. Há 10 anos era um pouco embaraçoso e vergonhoso dizer que esteve em um encontro com alguém da internet. Hoje em dia é algo completamente normal e comum. O melhor de tudo é que opções de sites e aplicativos não faltam. Existem até aplicativos voltados para o público GLS.

Antigamente havia-se uma preocupação muito grande com quem estava do outro lado da tela. No início das saídas, todos ficamos meio receosos com a pessoa que está por vir. Será que é quem diz ser? Será que tem boa aparência pessoalmente? Será que a conversa vai fluir?

O lado vantajoso da existência desses aplicativos é que você pode desinstalar quando bem quiser e instalar de novo quando precisar. Já não é mais nenhum tabu os relacionamentos virtuais. Eles acontecem o tempo todo e com frequência.


Você pode conhecer a pessoa melhor antes de sair de casa. Essa oportunidade é facilmente dada a você. Antes de decidir conhecer o outro melhor, você já pode ver o grau de compatibilidade entre vocês. Saber do que o outro gosta, o que vocês possuem em comum. Na hora do encontro tudo fica mais fácil.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Sites de Relacionamento São Confiáveis?

Ao conhecer alguém muitas pessoas acabam optando por sites de relacionamento. Os motivos principais para isso são falta de tempo, timidez ou até mesmo pela facilidade ou praticidade. Isso porque você consegue interagir, conversar, conhecer um pouco melhor o outro sem nem sair de casa. Claro que às vezes isso pode ter seu lado negativo, como por exemplo, criar uma expectativa muito grande e se frustrar na hora de conhecer o outro pessoalmente.

No início da era da internet nossos pais tinham muito medo de quem realmente eras as pessoas por trás das telas de computador. Afinal, na internet qualquer pessoa poderia se passar por outra. Acontece que o tempo passou, fomos criando mais confiança nas redes sociais e vimos que o perigo não é tão grande assim. Mas ele existe! Então sempre avise pessoas próximas e de confiança onde está indo em um encontro às cegas.
site de relacionamento

Existem várias opções de site de relacionamentos. Existe o Happn, que você encontra pessoas pelas quais passou na rua. Tem também o Tinder e muitas outras. Basta procurar. A maioria deles são muito fácies e intuitivo. Eles possuem sua versão gratuita e também a versão paga. Onde por uma pequena taxa mensal você consegue upgrades nas funções que o aplicativo fornece.

As maiores reclamações sobre esses aplicativos envolvem apenas as pessoas a qual conheceram. Enquanto alguns tem sorte e experiência incríveis, outros não são tão sortudos assim e passam por histórias não tão boas, mas que acabam sendo engraçadas no final. Os problemas geralmente envolvem os mesmos "da vida real". São objetivos de vida diferente, as pessoas se conheceram melhor e não se curtiram, um quer pegação e o outro quer alguém para casar.


A vida está ai para experimentar. Só no primeiro encontro procure por locais públicos, com mais pessoas envolvidas e deixe que alguém sempre saiba da sua localização.