terça-feira, 4 de outubro de 2016

Dieta Ideal: Como Fazer?

Você com certeza conhece alguém que já fez, ou até mesmo já tentou fazer uma dieta. Algumas dietas partem para aquele lado das promessas milagrosas, outras funcionam dentro daquilo que é proposto, mas ainda assim há quem sempre duvide da eficiência das dietas. E você, acredita que existe a dieta ideal?

A maioria das pessoas se assustam quando se deparam com essa palavra: dieta. Mas na realidade é apenas uma concepção mal elaborada e não compreendida. Dieta tem sido sinônimo de “fechar a boca”, passar fome em prol da beleza corporal, mas poucos sabem que o termo indica muito além dos benefícios estéticos.

Dieta em si, pode ser definida como um conjunto de hábitos alimentares a fim de um propósito, que pode variar de pessoa para pessoa – de acordo com cada objetivo. Geralmente, a dieta é encarada como uma forma eficiente para emagrecer, porém, você deve encarar a dieta como algo muito além do que isso, pois a dieta pode ser o começo para uma nova vida, a adaptação a uma forma de vida ou uma necessidade.


Existem dietas específicas, como por exemplo, para pessoas com diabetes, pessoas com problemas para engordar e até mesmo para apenas desintoxicação o que torna ela extremamente útil, saudável e um ótimo auxilio mesmo para quem não tem problema com o excesso de peso, mas que abusou de alguma coisa num determinado período. Cada dieta é única, elas podem ter a mesma função e base, porém os efeitos variam unicamente de organismo para organismo. Por isso, a dieta ideal vai ser com base naquilo que você necessita.

Dietas são recomendadas para todas as pessoas, porém como nem sempre ela é vista pelo ponto da saúde e bem estar, ela acaba sendo ignorada. O medo de enfrentar uma dieta é o que afasta as pessoas que preferirem seguir uma vida desregrada a viver de forma saudável e correta.

Para a dieta ideal funcionar...

Para ela funcionar, o acompanhamento profissional é fundamental.

Quando se inicia uma dieta sem acompanhamento médico ela pode se tornar uma vilã das mais poderosas. Isso acontece porque há diversas variáveis, de organismo para organismo, que determinam quais os tipos e como se deve seguir uma dieta. O médico irá avaliar sua condição física, checar fatores determinantes como, por exemplo: coração, fígado, hormônios e massa muscular para indicar um processo de acompanhamento de atividades a serem elaboradas pouco a pouco, até seu organismo superar toda a adaptação.

Em conjunto, é altamente recomendável o acompanhamento de um nutricionista para montar o seu cardápio, indicar qual a melhor tipo de dieta, horários para se alimentar e tudo mais que for preciso para que você atinja seus objetivos.

E para que a mudança seja ainda mais completa, procure o auxílio de um profissional e comece a fazer atividades físicas regularmente. Você notará que sua dieta terá uma eficiência ainda maior quando ela acontece paralelamente ao exercício físico regular.

Parece muito sacrificante, porém, o resultado dessa mudança de padrão de vida lhe proporcionará uma vida muito mais saudável, intensa e longa. Acredito que seja tudo aquilo que você quer, não é mesmo?

Por isso, comece agora mesmo essa mudança e seja uma pessoa diferente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário